Orgasmo Clitoriano ou Vaginal? Não importa!


Babu4

Tenho muita dificuldade de gozar com penetração. Tenho orgasmos quando eu me masturbo, mas quando eu transo com alguém é sempre complicado. Se o cara não se esforçar para me dar prazer, eu em geral saio frustrada. Os caras estão com preguiça ou eu que deveria sentir mais prazer com penetração?

Começarei com a boa notícia: se você goza com masturbação, tá tudo funcionando ok, você é capaz de gozar acompanhada. O orgasmo vaginal existe, tem mulheres que o tem com facilidade, e outras que não. Isso não te torna anormal. Você simplesmente é uma das sortudas desse mundo que consegue gozar. Clitoriano, vaginal… Tanto faz. Você Goza. OBA!

ed1465724d39c095dc911f7a96af2926

A má noticia agora: você não pode depositar no outro o poder de te dar prazer. “Poxa vida, mas isso não é machismo? O cara sempre vai gozar, e eu tenho que ficar a ver navios?” Não, você tem SIM que descobrir como funciona o seu corpo, quando acompanhado.

Esse lance de que “o cara sempre goza” não acontece por um mistério sobrenatural. O cara sempre goza porque ele (na esmagadora maioria dos casos) coloca o prazer dele antes do seu. E você deveria fazer o mesmo. Machismo é acharmos que o nosso prazer depende da habilidade sexual de um homem. “Mas caramba, aí o sexo vai ficar um ato super egoísta, né?” Não necessariamente. Colocar seu prazer em primeiro lugar não é ignorar o outro. É encontrar naquele ato, posições e movimentos que sejam gostosos pros dois.

you-better-work-gif

Se preocupar em agradar o outro é uma tarefa quase sempre fadada ao fracasso. Claro que pode ser o maior tesão você perceber que o outro tá curtindo. Mas se você se focar nisso, vai ter que rolar um revezamento de prazer. “Ah, agora é minha vez de achar gostoso”. E isso acaba sendo mecânico, e de fato, frustrante.

37153944

Depender do cara saber fazer um bom oral, depender do cara identificar a pressão que você gosta, depender de um pau de tamanho excelente… Nossa, aí é muita coisa que pode dar errado, não é mesmo?

A maior dica é: conheça seu corpo, se explore. Saiba como se fazer feliz na cama. Não tenha vergonha de se roçar, de se tocar, de gritar na frente do outro. VOCÊS ESTÃO ALI PARA ISSO, NÃO TEM JEITO ERRADO DE TRANSAR. Até podem ter jeitos que não combinam. Aí entra a química, a intimidade e um monte de outras variáveis. Então se a gente já entra em campo dependendo de menos uma coisa, é muito melhor, não é mesmo?

LetsDoThis

Babu Carreira

    Comments

    comments