A importância de se amar


cida5

Mesmo já trabalhando há um tempo com o amor próprio e a auto estima, esse final de semana em meus estudos de terapia e psicanálise, fiquei espantada em ver como eu ainda colocava o meu amor próprio na mão dos outros, como eu ainda precisava de elogios, rótulos e títulos para reconhecer meu valor. Mas quanto mais a gente olha para dentro, mais a gente vê o quanto isso é uma ilusão e para encontrar nosso amor próprio temos que nos livrar desses conceitos antigos de validação.

O amor próprio traz muitos benefícios, mas se amar não é como num comercial de produtos femininos e diferente do que sempre querem fazer a gente pensar, não depende da nossa aparência exterior. Nossa consciência nos habita e mesmo que trocássemos de corpo com outra pessoa como em muitos filmes, ela continua sendo a mesma, independente do exterior.

É aí que deve morar seu amor próprio e é assim que ele se torna inabalável. Sua aparência mudará com os anos e é uma grande armadilha fazer com que sua auto estima e amor próprio dependa dela.

large

Então procure, olhe para dentro de você o que te torna único. Não é seu emprego, nem o que você tem no banco, nem nada que está do lado de fora. Veja e trabalhe nas suas qualidades, no amor que você tem dentro de si. Se isso não te agrada é o que deve ter a sua atenção e ser melhorado. Se te agrada, continue focando nisso, porque é o que te acompanha até o fim da sua vida.

Pense no seu valor e se ame tanto que seu amor transbordará e atingirá cada um que passar em seu caminho.
E você receberá muito amor de volta e terá um impacto positivo no mundo.

Cida Neves

    Comments

    comments