Como Identificar um Come-Gorda?


Me segurei muito, mas muito mesmo para não falar sobre esse assunto mas sinto que preciso dizer alguma coisa e talvez falando de experiências minhas eu consiga ajudar a não fomentar mais esse ódio que está rolando. Vou explicar: nas últimas semanas aconteceu um grande bafafá sobre uma música de uma dupla sertaneja que fala sobre gostar de gordas. Muita gente não viu problema nenhum com a música, afinal a intenção foi exaltar a mulher gorda, né? Spoiler: é super ofensivo.

Olha, pode até ter sido feita com a melhor das intenções, mas vou explicar hoje por que isso não é bacana. Que vivemos em uma sociedade gordofóbica todo mundo já sabe, mas penso na cultura que foi criada à partir disso: a cultura de que mulher gorda não merece amor (nem próprio, nem de outrem), não merece ser e nem sentir-se desejada, que tem mesmo é que se esconder. Daí aparecem os ~heróis~, os come-gorda. Já falei sobre isso aqui, sobre o preconceito que mora por trás do discurso “amo uma gordinha”.

A maior parte das vezes, são homens que têm a certeza de que a mulher gorda tem uma série de problemas de autoestima, que não se ama nem se aceita, e se aproveitam disso. Daí vem as crenças “mulher gorda chupa gostoso”, “mulher gorda topa tudo na cama”, “mulher gorda não vai te desagradar porque ela não tem para onde ir”, “mulher gorda é desesperada por amor” e por aí vai. Infelizmente a gente descobre isso depois que já conhece o cara, mas vou contar brevemente uma experiência que eu tive:

Foi uma das primeiras pessoas que conheci depois que saí de um relacionamento e até então não sabia da existência de homens que gostavam de gorda e achei o máximo. “Nossa, alguém que gosta de mim por mim”, mas não, não foi o caso. Claro que não deu certo e acabou sendo um dos relacionamentos mais abusivos que já tive porque embora meu corpo não fosse questionado (exceto quando reclamou que eu estava fazendo academia), minha inteligência era, minha capacidade era e eu me via sempre pra baixo depois de cada conversa. Demorei muito para perceber isso, mas enfim consegui sem olhar para trás. Então, como identificar um come-gorda?

Ele acha que merece uma medalha por gostar de gordas

medal

Ele conta pra você como ele evangeliza os amigos sobre gostar de gordas e ama fazer uma auto-promoção por isso

tumblr_m7krsvyGf21rzzrbdo1_500

Ele se diz feminista e acredita na libertação sexual da mulher (mas na real ele é só mais um machista que quer comer geral)

tumblr_mgfwoyxmHA1rjkyheo1_500

Ele reclama se você emagrece

when-my-wife-asked-if-i-was-up-to-sexytime-after-just-having-finished-a-sexytime-50879

Ele faz você se sentir burra e estúpida

6cJWSTL

O ponto é: pare de aceitar migalhas. Grande merda um homem gostar de gorda! Você não é uma anomalia e o homem que te ama não precisa ser estudado, o homem que te ama tem que te amar pelo que você é. Você é muito mais do que um corpo gordo, você é um ser humano complexo como todos os outros e ser gorda não te define. Se um homem te condiciona dessa forma, ele não te ama e ponto. Um homem que “ama uma gordinha” não é um achado, ele não merece ser reverenciado por gostar de você e se ele espera algum tipo de congratulações, desconfie.

Uma música que fala sobre como gordas são legais e sensuais não é um elogio! Músicas assim são ofensivas porque nos colocam numa caixa cheia de preconceitos e suposições sobre como é a mulher gorda. Não são só mulheres dentro do padrão que estão sujeitas à objetificação, muito pelo contrário! Nos julgam apenas pelo nosso corpo, já acham que somos engraçadas e boas de cama, já deduzem que nos odiamos e vamos aceitar qualquer migalha e isso migas, não é lisonjeiro.

debora-overlicious

    Comments

    comments