10 Gordas que Você Precisa Seguir Agora


Esse últimos dias foram bem tristes para nós mulheres e quem acompanha as redes sociais sabe o turbilhão de notícias horríveis. Mas no meio de tanta tristeza e luta, surgiu um movimento muito maravilhoso de união entre as mulheres. Descobrimos que não importa como você se identifica nas suas crenças e qual vertente de movimento você segue, o que importa é que andemos juntas e continuemos a lutar por nosso espaço e direitos.

Por causa disso, resolvi escrever esse post cheio de mulheres gordas e maravilhosas que valem à pena seguir. Pessoas que oferecem grandes mudanças para a nossa realidade e soluções práticas para a nossa luta diária por igualdade de gênero, contra a gordofobia, etc.

1. Babu Carreira – Bolsa Amarela da Babu
Bolsa Amarela da Babu é um espaço em que a Babu Carreira fala, com muito bom humor e leveza, sobre questões sérias como gordofobia, comportamento, relacionamentos e muito mais. Ela oferece insights muito bacanas que fazem você pensar “nossa, nunca pensei nisso dessa forma”. Eu a sigo no YouTube e espero ansiosamente novos vídeos toda terça e quinta-feira.

2. Cida Neves – A Vida da Cida, Cidesenhos e Ouse Ser Você
Uma lutadora ávida, apaixonada e com um discurso sem censuras quando o assunto é amor próprio. O projeto Ouse Ser Você nasceu dessa vontade de transmitir para todas as mulheres que nós merecemos o espaço que ocupamos nesse mundo e devemos exigir respeito. A Cida é autora de alguns do textos de maior sucesso em sua coluna aqui no Overlicious, onde ela explica seus temas de forma didática, leve, mas nunca menos impactante por isso. Além do Ouse Ser Você, Cida é uma talentosa ilustradora (você pode conferir seus trabalhos em sua página Cidesenhos) e também posta looks e dicas em A Vida da Cida, representando muita gorda por aí.

3. Kalli Fonseca – Beleza Sem Tamanho
Feminista e lutadora ferrenha pela causa Body Positive e anti gordofobia, Kalli fala com um público bem extenso sobre moda, representatividade, auto aceitação e muito mais em textos que empoderam mulheres e trazem ferramentas para enfrentar o preconceito diário de uma sociedade gordofóbica e machista.

4. Rack Land – História de Fogo
Rack é uma verdadeira poeta. Faz parte de um projeto que tem como objetivo espalhar empoderamento pelas cidades através de lambe-lambes. Já amava suas palavras no facebook, o que tornou essa evolução ainda mais linda.

Uma foto publicada por Rack. (@historiadefogo) em


5. Clarissa Xavier – Feminista Gorda
Dona de um repositório de postagens sobre feminismo e ativismo gordo, Clarissa faz uma curadoria ótima de textos e imagens que refletem a luta da mulher gorda. Além da página do facebook, ela também reúne conteúdo em seu Tumblr com alguns posts que não passam pela censura do facebook, mas muito necessários. Vale conferir.

13177958_515468591972705_213971028720695907_n

6. Thaís Ulrichsen – GrandEstima
Thaís é uma querida, lutadora e ativista. Seu blog tem um foco maior em moda e beleza (tem posts ótimos com dicas de cabelos cacheados), mas em sua página você encontra verdadeiros desabafos dela e insights muito bons que cobrem desde gordofobia até racismo.

7. Nic Duarte – O Cabide
Nic é uma mulher com uma força fora desse mundo, ela usa sua página do facebook para falar de moda, feminismo, ativismo gordo e também faz um trabalho muito bacana de divulgar croquis de novos talentos. Além disso ela tem uma loja de acessórios lindos (e com preços justíssimos).

Uma foto publicada por O Cabide (@ocabide) em

8. Steph Ciciliatti – A Grande Diferença
Essa manja MUITO de maquiagem, beleza e arte. Seu site tem um conteúdo bem rico sobre beleza, onde ela testa produtos, dá dicas e tutoriais. Steph também usa sua página de facebook para divulgar o conteúdo do blog, mas também levanta questões importantíssimas que englobam feminismo, gordofobia e LGBTfobia.

9. Helen Mozão – Helemozão Fotopoesia
Eu vou arriscar aqui e dizer que Helen é a melhor fotógrafa do Brasil. Você encontra em suas fotos algo que não é tão fácil de se ver por aí: ALMA. Através das fotos, é possível traduzir seu cotidiano, ambiente e crenças. Além disso, ela faz um trabalho seríssimo de empoderamento de mulheres negras e fala sobre positividade de corpo como ninguém.

Foto: Helemozão

Uma foto publicada por @helemozao em

10. Glainá Boucinha – Beijo da Glai
E por último, mas nunca menos importante: a Glai. Glai tem um site onde escreve bastante sobre representatividade, feminismo, sororidade, empoderamento e tudo que há de mais gostoso para se ler. Em sua página do facebook, ela também compartilha ilustrações muito lindas sobre body positive, vídeos de maquiagem e novidades do mundo das mulheres gordas.

Uma foto publicada por Glainá B. (@bjdaglai) em

Sim, tem muitas outras mulheres maravilhosas e agradeço todas que me mandaram links, fico muito feliz de conhecer trabalhos de outras mulheres incríveis. Continuem me mandando os links das páginas, blogs, canais de youtube de vocês e vamos nos unir!

Débora Fomin

    Comments

    comments